E.I.C . II



A fala das crianças traduz seus modos próprios e particulares de pensar. Cabe ao professor ajudá-las a explicitarem, para si e para os demais, as relações contidas em suas falas.

Uma das formas de ampliar o universo discursivo das crianças é proporcionar que conversem bastante, em situações de brincadeiras de faz de conta e roda da conversa, na qual, podem conversar sobre diversos assuntos, ouvir e recontar histórias, declamar poesias, cantar, recitar parlendas e muito mais.

Escutar, valorizar e dar atenção ao que a criança fala é importantíssima para que se crie um clima de confiança, respeito e afeto. Assim experimentam o prazer e a necessidade de se comunicar apoiadas na parceria do adulto.

Proposta pedagógica

A proposta pedagógica da Coopen se apóia em um ambiente sócio-moral construtivista, ou seja, é baseada na atitude de respeito do professor pelos interesses, sentimentos, valores e idéias das crianças. 
  
A sala de aula é organizada para satisfazer as necessidades físicas, emocionais e intelectuais das crianças. É organizada, também, para permitir a interação com colegas e para o exercício da responsabilidade infantil.  
  
As atividades atraem os interesses, a experimentação e a cooperação entre as crianças. O papel do professor é cooperar com elas, tentando compreender seu racioncínio, encorajando a cooperação entre elas, promovendo sua construção do eqüilíbrio emocional e capacidades de enfrentamento, entendimento interpessoal e valores morais.